Lula faz comício em palco histórico pelas diretas já, reforça a democracia e respeito ao povo brasileiro
Lula faz comício em palco histórico pelas diretas já, reforça a democracia e respeito ao povo brasileiro

Lula faz comício em palco histórico pelas diretas já, reforça a democracia e respeito ao povo brasileiro

Um grande ato pela democracia ocorreu na manhã deste sábado (20/8), no Vale do Anhangabaú, em São Paulo. Mais de 70 mil pessoas entre simpatizantes, apoiadores e militantes da coligação Brasil da Esperança marcaram presença no comício. O ato abriu oficialmente a campanha de Luiz Inácio Lula da Silva, a presidente (PT 13), no local histórico pelas “Diretas Já” e cartão postal da capital paulista.

Verdes de Osasco e Carapicuíba estavam juntos com bandeiras da legenda, dentre eles dirigentes como Carlos Marx (presidente) e Rosi Cheque (secretária de Comunicação) e, também o ambientalista e candidato a deputado federal Piauilino (PV 4355), que é carapicuibano.

Dividindo o palco com lideranças da coligação o médico Geraldo Alckmin (PSB), vice na chapa de Lula; o professor Fernando Haddad (PT), candidato ao governo de São Paulo; Márcio França (PSB), candidato ao Senado; e a ex-presidente Dilma Rousseff.

O verde e amarelo se contrastava ao colorido das bandeiras partidárias. Gigantes bandeiras do Brasil estavam no palco e na multidão para mostrar que o Brasil é de todos os brasileiros, é do povo trabalhador.

O tema democracia esteve presente em todos os discursos. Lula agradeceu a cada um que, mesmo com o frio, participou do ato. Falou que seus opositores estão usando a igreja como palanque político e defendeu o estado laico. “Precisamos unir forças para o desafio que temos. Vamos construir o Brasil da Esperança. Tem muita fake news religiosa. Tem demônio sendo chamado de Deus e gente honesta sendo chamada de demônio. Tem gente que está fazendo da igreja um palanque político ou empresa para ganhar dinheiro. Eu defendo o estado laico, o estado não deve ter religião. Todas as religiões precisam ser defendidas pelo Estado”.

Em sua fala, Geraldo Alckmin disse que as eleições com urnas eletrônicas foram uma conquista e que agora é hora de fortalecer o processo democrático. “Bolsonaro foi eleito várias vezes deputado e presidente em 2018 nas urnas eletrônicas, mas agora está com medo do voto do povo”, disse o ex-governador.

O busão da madrugada e a implementação do funcionamento 24 horas no transporte público também foram lembrados. “O que está em jogo não é uma eleição, mas o futuro desse País pelos próximos 20 anos”, resumiu Fernando Haddad.

Márcio França, candidato ao Senado, defendeu a força da candidatura de Haddad ao governo paulista, afirmando que, de acordo com as recentes pesquisas eleitorais, Lula pode vencer no primeiro turno.

 

Vários outros assuntos foram citados tais como tirar o Brasil do mapa da fome, mais saúde e mais emprego.

#LulaPresidente13NoPrimeiroTurno #LulaPresidente #PV #PartidoVerde #osasco #osascosp #carapicuiba #eleicoes2022 #democracia #religião #direitoshumanos #saude #respeito #amor #fe #laico #Deus #politica #trabalho #pai #mae #filhos #educacao #lazer #esportes #cultura #arte #meioambiente #terra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.