ALEITAMENTO MATERNO PROTEGE A CRIANÇA DE DOENÇAS E TRAZ BENEFÍCIOS NO SISTEMA IMUNOLÓGICO DO BEBÊ
ALEITAMENTO MATERNO PROTEGE A CRIANÇA DE DOENÇAS E TRAZ BENEFÍCIOS NO SISTEMA IMUNOLÓGICO DO BEBÊ

ALEITAMENTO MATERNO PROTEGE A CRIANÇA DE DOENÇAS E TRAZ BENEFÍCIOS NO SISTEMA IMUNOLÓGICO DO BEBÊ

O Dia Mundial da Amamentação (Agosto Dourado) foi criado em 1992 pela Aliança Mundial de Ação pró-amamentação e visa promover o aleitamento materno e a criação de bancos de leite, garantindo, assim, melhor qualidade de vida para crianças. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que até os primeiros 6 meses de vida o bebê deve ser alimentado exclusivamente com leite materno. Mas, dados do Unicef revelam que apenas 4 entre 10 bebês no mundo têm a alimentação conduzida dessa forma. O tema para 2021 é “Proteger a Amamentação: uma responsabilidade de todos”.

O PV Mulher Osasco (PV-43) entende a importância do aleitamento materno tanto para as crianças quanto para a economia e tem colaborado e participado de ações com foco na promoção do desenvolvimento da criança, a exemplo, a palestra Aleitamento Materno e Impacto Ambiental, da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P). O partido entende a importância da mulher em todos os âmbitos, tais como a maternidade, o trabalho e seus dilemas contemporâneos.

Especialistas de várias áreas lembram que o leite materno é um alimento “renovável”, produzido e fornecido sem poluição, embalagens e desperdícios, não utiliza recursos naturais; não polui as águas, os rios e nem os oceanos e, também, economiza energia elétrica. A alimentação por leite materno gera impactos ambientais, econômicos e sociais.

É necessário, cada vez mais, informar as pessoas sobre a importância de proteger a amamentação, assim como apoiar a amamentação como uma responsabilidade vital de saúde pública e, também, potencializar ações para proteger o aleitamento materno para melhorar a saúde coletiva.

O tema escolhido de 2021 está relacionado à Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, um plano de ação para pessoas, planeta e economia sem destruição da natureza, que orientará programas de desenvolvimento para os próximos anos. São 17 metas que se aplicam a todos os países, abrangendo questões amplas, como as alterações climáticas e a redução da pobreza.

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) lembra que amamentar traz benefícios significativos no sistema imunológico do bebê, pois protege a criança de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergias. Também, evita o risco de desenvolver hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade na vida adulta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *