Dia_Agua_2018_PV

Basta de violência: pela imediata prisão e punição dos assassinos!

MarielleO assassinato da vereadora Marielle Franco, na noite de quarta-feira (14), é um crime contra os direitos humanos e contra a democracia. A vereadora foi executada no centro do Rio de Janeiro depois de participar de uma roda de conversa denominada “Mulheres Negras Movendo Estruturas”.

Em 15 meses na Câmara Municipal, Marielle Franco apresentou 16 projetos de lei. Dois deles foram aprovados como leis concretas: um sobre a regulação de mototáxis nas favelas e outro sobre contratos da prefeitura com organizações sociais de saúde.

No final de fevereiro deste ano, a vereadora se tornou relatora de uma comissão de parlamentares que acompanha o trabalho de militares na intervenção federal na área de segurança do Rio.

Marielle Franco nasceu e foi criada no Complexo da Maré, um dos maiores conglomerados de favelas do Rio.

Foto: www.camara.rj.gov.br

PV Bacia 6 reúne-se em Carapicuíba para agilizar candidaturas às eleições de outubro

Dirigente estadual Belizário fala de ética e respinsabilidade

Dirigente estadual Belizário fala de ética e responsabilidade

Para discutir agenda e lista de candidaturas ao pleito em outubro, mudanças nos diretórios municipais e potencializar lideranças na região, o Partido Verde (43) Bacia 6 realizou na noite desta segunda-feira (12/03) reunião na Câmara Municipal em Carapicuíba, SP. Dentre os participantes, dirigentes estaduais, municipais, vereadores e pré- candidatos.

Na abertura da reunião, Carlos Marx, porta-voz da Bacia 6 e presidente do PV Osasco, fez um retrospecto dos resultados verdes nas campanhas de 2010 e 2014, falou de cláusula de barreira e comentou a rearticulação partidária em curso em algumas cidades da região.

Marcos Belizário, presidente estadual do PV-SP, salientou que a legenda lançará listas próprias para os cargos proporcionais e para o senado. Explicou que os candidatos devem ter projetos sociais e se ajudarem mutuamente para garantir eleição de boas bancadas na Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados.

reuniao_PV
“Não temos que ter medo de fazer o país crescer. Montar chapa própria é estar de acordo com tudo que a gente plantou desde a criação do PV. Na próxima eleição municipal, em 2020, será proibida a coligação. A chapa pura fortalece o candidato na sua região. Temos de focar e eleger deputados federais. Agora, é o momento de agir pensando no coletivo que deve ser sempre nosso jeito de fazer política”, destacou Belizário.

Segundo o dirigente, o PV nacional aposta no deputado federal Antonio Carlos Mendes Thame, de Piracicaba, como pré-candidato da legenda ao Senado. Para governador e presidente a sigla estuda possibilidades.

O médico Wilson Marcelino, presidente do PV local e anfitrião do encontro, resumiu sua disputa eleitoral em anos anteriores. Ele defendeu a coligação com outros partidos, para garantir bancadas mais expressivas tanto estadual quanto federal. “Financeiramente, será uma campanha difícil e diferente”.

reuniao_PV_2

“Há uma necessidade de mudança de paradigma. Tem que acabar com essa história de que mulher não vota em mulher. A realidade deixa claro sobre o potencial das mulheres em todos os campos, áreas e atividades. Vamos pensar numa campanha mais holística”, resumiu Elaine Silva, do PV Itapecerica da Serra.

Anésio Campos, do PV Cajamar, acredita e aposta em trabalho real de chapa pura desde que todos da região se ajudem. “O PV tem um trabalho bom e forte construído. Espero que o partido mantenha ou cresça nas bancadas de federais e estaduais nesta eleição”.

“Precisamos nos reestruturar e acredito também que a hora é de fazer coligação”, comentou Marcos Danilo de Sousa (Markinhos), vereador por Jandira.

Também de Jandira, o vereador Antônio dos Santos Oliveira (Toninho Amizade) discorreu sobre a situação do PV na cidade. “Eu e o vereador Markinhos decidimos apoiar o atual governo do professor Barufi, que já foi do PV e isso não está sendo compreendido pela direção partidária. Queremos espaço para conversar porque nosso desejo é a melhoria da cidade”. Toninho colocou seu nome à disposição para disputar a eleição de deputado estadual neste ano.

O mago Jesse Navarro  é uma das apostas do PV Osasco.

O mago Jesse Navarro é uma das apostas do PV Osasco.

Em seguida falaram os vereadores da cidade de Carapicuíba. “O que for decidido pelo partido terá meu apoio”, resumiu o oftamologista Vong lek Leong.

O vereador Valdemar Bovo sintetizou sua história no PV, disputais eleitorais e sugeriu uma reunião regional pra discutir questões referentes à área da antiga lagoa do Rio Tietê, na divisa de Carapicuíba e Barueri.

O vereador Antonio Beserra Lima falou da importância de se ter vontade e determinação em atuar numa campanha. “Mesmo sem estrutura financeira é possível fazer uma boa campanha”, sublinhou.

“Após explicação de Belizário me posiciono à favor de chapa pura e também coloco meu nome como pré-candidato”, resumiu o vereador César Augusto José (Guto).

O PV Bacia 6 reúne 13 cidades. São elas Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Taboão da Serra. O partido deverá apresentar mais alguns nomes para receber os votos dos mais de 1,5 milhão de eleitores da região.

INFORMAÇÕES
Fone: (11) 3684-0293
E-mail: pvosasco@uol.com.br
Rede Social:
www.facebook.com/PartidoVerdeOsasco
Site:
www.pvosasco.org.br

pv_mulher_Osasco_2018

Carapicuíba receberá dirigentes e vereadores do PV bacia 6 para discutir agenda e lista de candidaturas ao pleito em outubro

PV_1Na segunda-feira (12/03), às 19h, haverá reunião do Partido Verde Bacia 6 no auditório da Câmara Municipal em Carapicuíba, localizada à Avenida Miriam, 92, centro.

Em pauta a formatação da lista de candidatos e candidatas do PV para a Assembleia Legislativa e Câmara de Deputados, nas eleições de 7 de outubro. O PV de São Paulo já definiu que vai lançar listas próprias para os cargos proporcionais e para o Senado.

O PV Bacia seis, que reúne 13 cidades (Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Taboão da Serra), deverá apresentar alguns nomes para receber os votos dos mais de 1,5 milhão de eleitores da região.

Neste encontro, estará presente o secretário de Organização do PV Estadual, Arnaldo Juste, o prefeito Marcos Neves e os 12 vereadores eleitos em 2016, quatro deles de Carapicuíba.

INFORMAÇÕES
Fone: (11) 3684-0293
E-mail: pvosasco@uol.com.br
Rede Social:
www.facebook.com/PartidoVerdeOsasco

Definição de candidaturas próprias, defesa da democracia, ética e sustentabilidade marcam encontro de parlamentares do PV-SP

Presidente Penna e o deputado estadual Chico Sardelli.

Presidente Penna e o deputado estadual Chico Sardelli.

A eleição será em 07 de outubro e o Partido Verde (43) já se prepara para o pleito eleitoral. Neste sábado (24/2), a sigla promoveu o “2º Encontro de Parlamentares Verdes do Estado de São Paulo” no Salão Nobre da Câmara Municipal da capital paulista. Compuseram a mesa os dirigentes verdes José Luiz de França Penna (presidente nacional), Marcos Belizário (presidente estadual), Arnaldo Juste (presidente municipal), Antônio Carlos Mendes Thame (deputado federal), além dos deputados estaduais Chico Gardelli e Edson Giriboni e dos vereadores da capital Gilberto Natalini e Reginaldo Tripoli.

Verdes da Bacia 6 também prestigiaram o encontro, tais como os dirigentes Carlos Marx, Wilson Marcelino (Carapicuíba), Sandra Gama (Embu das Artes) e Elaine Silva (Itapecerica da Serra) e os pré-candidatos a deputado Rosanilda Silva, Altonomista Bezerra, Jesse Navarro (Osasco), Anésio de Campos (Cajamar), Toninho da Amizade (vereador Jandira), Luiz Tadeu e Lúcia Enfermeira (Santana de Parnaíba).

Elaine, Toninho, Lúcia enfermeira, Dr. Wilson e Anésio.

Elaine, Toninho, Lúcia enfermeira, Dr. Wilson e Anésio.

Na abertura, Patrícia Penna, secretária municipal do PV Mulher, destacou que em 24 de fevereiro de 1932 as mulheres passaram a votar e isso foi um ganho para a sociedade. “Ser mulher é um desafio diário e ser mulher candidata é desafiar outras a participarem da política”.

De acordo com Belizário, as regiões já devem apresentar seus pré-candidatos. “Queremos democratizar as candidaturas por isso vamos disponibilizar em nosso site uma pré-inscrição”.

José Penna sublinhou a importância dos candidatos verdes em atuar no dia a dia de acordo com os valores do PV. “Teremos candidaturas próprias. A partir de hoje estamos mais juntos e mais fortalecidos. Vamos nos unir pra ajudar a sociedade brasileira a mudar a política”.

Vera Motta, presidente do PV São Bernardo e secretária nacional de Assuntos Jurídicos, esclareceu dúvidas da legislação eleitoral deste ano. “É preciso lembrar que hoje há uma disputa de poder no legislativo e no judiciário. Na resolução existente o vereador não pode mudar de partido para disputar eleição em outubro. E precisamos agregar mais mulheres nesta disputa”.

Durante o encontro foi anunciada a importância de chapa completa no Estado, bem como da relevância dos pré-candidatos em cumprir as condições de elegibilidade e não incorrer em qualquer causa de inelegibilidade.

Jesse Navarro

Jesse Navarro

A plateia teve oportunidade de fazer perguntas e tirar dúvidas sobre o pleito de 2018. Jesse Navarro, do PV Osasco, falou sobre a plataforma de levar a terapias alternativas para o Sistema Único de Saúde.

Carlos Marx, do PV Osasco e porta-voz da sigla na Bacia 6, reforçou a necessidade de eleger o maior número de deputados tanto federal quanto estadual. “Os verdes têm grandes objetivos e causas como a defesa dos recursos naturais, proteção aos animais, segurança, trabalho e renda, educação. Temos o compromisso de eleger o maior número de parlamentares à Câmara Federal”, resumiu.

“Vamos eleger representantes comprometidos com a nossa região que têm pessoas trabalhadoras e honestas. Já coloquei meu nome como pré-candidato”, resumiu Altonomista Bezerra, microempresário da construção civil e filiado do PV Osasco.

Luiz Tadeu, Altonomista, Rosanilda, Carlos Marx e Eduardo Jprge.

Luiz Tadeu, Altonomista, Rosanilda, Carlos Marx e Eduardo Jorge.

As legendas partidárias têm até o dia 15 de agosto para requerer à Justiça Eleitoral os 0registros dos candidatos escolhidos nas convenções partidárias.

11

O PV Bacia 6 engloba 13 cidades: Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Taboão da Serra.

Informações
Fone: (11) 3684-0293
E-mail: pvosasco@uol.com.br
Rede Social:
www.facebook.com/PartidoVerdeOsasco

Jacy Malagoli e Mariza Braga, ambas da Avama, são eleitas Conselheiras do CCZ Osasco

Para Jacy Malagoli, é um momento importante para a Avama em especial para os animais.

Para Jacy Malagoli, é um momento importante para a Avama em especial para os animais.

Com um total de 90 votos e sendo, portanto, a mais votada, Jacy Malagoli, coordenadora da Ação Pró Vida e Meio Ambiente (Avama) foi eleita para o Conselho Gestor do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Osasco.

A eleição ocorreu durante todo o dia deste sábado (3/2) no CCZ localizado na Avenida Lourenço Belloli, 1480, no Parque Industrial Mazzei.

Os demais candidatos foram Mariza Helena Braga que obteve 74 votos e também é da Avama, Maria Elizabeth com 15 votos e Elaine Bido que conquistou 15 votos.

Para Jacy Malagoli, é um momento importante para a Avama em especial para os animais. É um trabalho voluntário mas requer amor aos bichinhos e cuidados e atenção quanto à proliferação de doenças, controle populacional, bem-estar animal, etc.

Desde 2012, Jacy da Avama faz feiras de adoção de cães e gatos e, em parceria com uma equipe de veterinários, promove mutirões de castração a preços populares em todo o município.

A atividade de conselheiro do CCZ é voluntária. Os conselheiros eleitos vão fiscalizar, acompanhar, propor melhorias, aprovar verbas, dentre outras ações referentes a CCZ.

PV-SP promove 2º Encontro de Parlamentares Verdes do Estado de SP

A Direção Estadual do Partido Verde de São Paulo, por meio de seu secretário de organização, Arnaldo Juste Júnior, convida a todos os vereadores e pré-candidatos as eleições de 2018 para o “Segundo Encontro de Parlamentares Verdes do Estado de São Paulo”. O evento será no dia 24 de fevereiro de (sábado), das 9 às 17 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal da Capital, Viaduto Jacareí, 100 – Bela Vista.

Está confirmada a presença do Secretário de Estado da Cultura e presidente nacional do PV, José Luiz Penna. Também, do presidente estadual do PV, Marcos Belizário, bem como deputados estaduais e federais do Partido Verde (43) de São Paulo.

“Somos um partido parlamentarista e a sociedade espera uma resposta do PV para seus maiores desafios. Vivemos tempos difíceis na economia e na política não só no âmbito nacional como também nas cidades paulistas. Neste encontro vamos conversar sobre possíveis soluções para estas questões e preparar nossos pré-candidatos às eleições deste ano”, explicou Arnaldo que também é presidente municipal do PV na Capital.

Para 2018, o PV apresentará chapas completas para as eleições a deputado estadual e deputado federal. O partido trabalha no lançamento de candidaturas próprias para o Senado, Governo do Estado e Presidência da República.

PVSP

Saiba mais:
www.pvsp.org.br
Telefone: (11) 3628-4300
E-mail: contato@pvsp.org.br

Vote em Jacy Malagoli, da Avama, para conselheira da Zoonose Osasco

Neste sábado (3/2), das 9h às 16 horas, haverá eleição para o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Osasco. Contamos com seu voto e apoio para a ativista Jacy Malagoli, coordenadora da Ação Pró Vida Animal e Meio Ambiente (Avama).

Desde 2012, Jacy da Avama faz feiras de adoção de cães e gatos e, em parceria com uma equipe de veterinários, promove mutirões de castração a preços populares em todo o município.

A atividade de conselheiro do CCZ é voluntária, sem qualquer tipo de remuneração, e o eleito poderá fiscalizar, acompanhar, propor melhorias, aprovar verbas, dentre outras ações referentes a CCZ.

A eleição ocorrerá no CCZ localizado na Avenida Lourenço Belloli, 1480, no Parque Industrial Mazzei. Para votar é preciso levar RG, Titulo de Eleitor e Comprovante de Endereço.

Os eleitos mais votados serão 2 titulares e mais 2 serão suplentes.

Jacy_Avama_jan_2018

Macacos não transmitem a febre amarela

Especialistas na área da saúde, biólogos e veterinários são unânimes em afirmar que os macacos não transmitem a doença da febre amarela. Eles são vítimas tanto quanto os humanos. Os macacos têm papel fundamental na vigilância da doença e servem como guias para a elaboração de ações de prevenção.

O vírus da febre amarela é transmitido pela picada de um mosquito fêmea infetado. Nas cidades é transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti. Esse mosquito é resistente e adaptável. Transmite várias doenças como zika, dengue, além das febres chikungunya e amarela e outras enfermidades mais raras.

Febre_Amarela

A população deve tomar medidas de prevenção e eliminação de possíveis focos do inseto Aedes aegypti. Com o calor ocorre o aumento da temperatura e também o risco de transmissão de doenças que têm o mosquito Aedes aegypti como vetor. Por isso, é preciso tomar medidas na eliminação de focos desse mosquito.

Dentre essas medidas preventivas estão tampar os tonéis e caixas d’água; manter as calhas sempre limpas; deixar garrafas sempre viradas com a boca para baixo; manter lixeiras bem tampadas; deixar ralos limpos e com aplicação de tela; limpar semanalmente ou preencher pratos de vasos de plantas com areia.

Caso a população encontre animais mortos ou doentes deve informar o mais rápido possível ao serviço de saúde do município ou do estado onde vive. Pode ainda ligar para o Disque Saúde – telefone 136. A ligação é gratuita e funciona 24 horas.

INFORMAÇÕES

Fone: (11) 3684-0293
E-mail: pvosasco@uol.com.br
Site: www.pvosasco.org.br
Facebook: PartidoVerdeOsasco