Daily Archives: agosto 13, 2019

Filme “Queen” abre Mostra de Cinema da Índia na Unifesp Osasco

cinema_2

O coletivo Casaviva – cultural e ambiental Osasco lançou na noite desta segunda-feira (12/8), no Dia Nacional das Artes, a primeira edição da “Mostra de Cinema da Índia” com o filme “Queen”. As sessões são gratuitas com filmes entre aventura, comédia e drama. A mostra ocorre no auditório da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), campus Osasco. Os apaixonados pela sétima arte poderão assistir aos filmes em duas sessões: 15h e 19h.

A solenidade de abertura contou com a presença de Amit Kumar Mishra, cônsul geral da Índia em São Paulo; Puja Kaushik, diretora do Centro Cultural Swami Vivekananda; Carlos Marx, coordenador do Ponto de Cultura Casaviva; e Éder Máximo, secretário da Cultura de Osasco. Da Unifesp marcaram presença Ismara Izepe de Souza, professora doutora e coordenadora do curso de Relações Internacionais; Julio Zorzenon, vice-diretor acadêmico e professor de economia; representantes do Diretório Acadêmico XIV de Março e do Centro Acadêmico de Relações Internacionais.

“Para nós, a maior referência da Índia sempre é Gandhi, em vários aspectos, principalmente na promoção da cultura de paz e não-violência. O cinema indiano é muito criativo e o maior do mundo em termos de produção , mas com filmes pouco vistos no Brasil e essa mostra quer contribuir para mudar isso”, disse Carlos Marx, coordenador do Coletivo Casaviva, na abertura da mostra.

cinema_4

A professora Ismara Souza deu as boas vindas em nome do curso de relações internacionais e sublinhou a importância do desenvolvimento por meio da cultura para boas relações entre países. Lembrou que a Índia é destaque no grupo BRICS.

O vice-diretor acadêmico Julio Zorzenon sintetizou o papel da universidade na promoção e parceria em diversas atividades para o aprendizado e evolução da sociedade. “Estamos sempre de portas abertas para essas ações que trazem a comunidade para o nosso meio”.

cinema_5

Éder Máximo sublinhou o papel do cinema na expressão da sociedade, bem como para a economia. “O cinema é arte, é a memória de um povo, mas também é economia e cultura”.

O último a deixar sua mensagem foi o cônsul Amit Kumar que falou de seu contentamento com a iniciativa da Casaviva em promover a primeira mostra de filmes indianos em Osasco. “A índia produz 30 mil filmes por ano. Muitos filmes têm a temática feminista entre outras fo cotidiano das pessoas. Agradeço a oportunidade de fortalecermos laços de amizade do Brasil e a Índia. Com certeza, realizaremos outros eventos na cidade de Osasco”, resumiu.

cinema_3

A indústria cinematográfica Bollywood vem crescendo em ritmo acelerado, mais rapidamente do que a de Hollywood. Mais de 4 bilhões de pessoas assistem aos filmes de Bollywood. O que faz os filmes indianos serem únicos é sua temática, pois são melodramas com canções e muita dança. Mesmo que o filme indiano seja de horror ou drama familiar há seqüência de música e dança.

Na abertura houve apresentação de dança contemporânea com o grupo Bollywood Brazil. A “Mostra de Cinema da Índia” prossegue nos dias 14, 15, 16 e 17 de agosto. Endereço: Av. Sport Club Corinthians, bairro Jardim das Flores (portaria localizada ao lado da entrada principal do Parque Dionízio Alvarez Mateos, do Jardim das Flores).

cinema_1

Antes da abertura da mostra, o cônsul Amit Kumar visitou o gabinete do prefeito de Osasco, Rogério Lins. Estiveram presentes artistas, o secretário da Cultura, Éder Máximo, e seu secretário adjunto Paulinho Samba de Rua.

O prefeito Rogério Lins falou do respeito pela cultura indiana, expressando seu desejo em estreitar os laços de amizade e abrir perspectivas de futuras parcerias com a índia.

O cônsul Amit Kumar lembrou ser este seu primeiro compromisso com um prefeito do Brasil e propôs que Osasco seja a primeira cidade brasileira a ser cidade irmã de uma cidade da Índia.

cinema_6

“Muitas parceiras são feitas a partir da economia, do comércio, mas a cultura também é atrativa como essa mostra de cinema organizada pelo Carlos Marx, da Casaviva. A Índia em biotecnologia, softwares e medicamentos, e em outras áreas, tem algumas das maiores empresas do mundo. Nosso cinema é muito respeitado, assistido e admirado pela população”, disse o cônsul.

Carlos Marx lembrou que 12 de agosto é o dia nacional das artes e trazer a cultura da índia para Osasco motivou a aproximação com o Centro Cultural Indiano.

Na oportunidade, Puja Kaushik convidou a todos para as festividades do 73º Dia da Independência da Índia, no dia 15 de agosto, às 8h, no Centro Cultural Swami Vivekananda. Rafael Espadine, assistente do cônsul, fez a tradução simultânea tanto na visita ao prefeito quanto na solenidade de abertura do evento.

cinema_10

PROGRAMAÇÃO 14 DE AGOSTO

15H – FILME: BAHUBALI – O início
Duração: 169 minutos

Ficção, descreve uma batalha entre 2 irmãos. Bahubali Shiva é um órfão sendo criado pela tribo que o encontrou no meio de um rio, ajudado por uma mão solitária pertencente a uma misteriosa senhora. Ao ver os soldados mortos nas proximidades, eles entendem que o recém-nascido está em perigo e fecham o túnel que supõem ter sido percorrido pelas pessoas que perseguiram a estranha senhora. Shiva cresce tentando alcançar o topo da montanha, pois algo o atraía para lá, até que depois de adulto, ele consegue chegar e então, desvenda-se sua verdadeira história.

19H – FILME BAHUBALI – A conclusão
Duração: 167 minutos

Shivudu, o filho de Bahubali, está cada vez mais perto de conhecer sua verdadeira herança e encarar de vez suas novas responsabilidades. Querendo respostas para questões que fogem de seu conhecimento, como o real motivo por trás da morte de seu pai, ele encontrará uma barreira para os seus planos devido aos fatos de seu próprio passado.

A UNIFESP fornecerá certificado de extensão cultural aos estudantes universitários que preencherem, com antecedência, a ficha de inscrição disponível no link https://sistemas.unifesp.br/acad/proec-siex/index.php?page=INS&acao=2&code=16435

SAIBA MAIS
(11) 99652-8199, WhatsApp
www.facebook.com/casavivaosasco