Monthly Archives: julho 2018

Entrevista – eleições 2018: “Temos que derrubar essa cláusula de barreira no voto”, diz Penna

Penna_PV_foto_01

Músico e ativista político e cultural, José Luiz de França Penna, 72 anos, é presidente nacional do Partido Verde. Penna nasceu em Natal, mas é baiano por adoção. Foi vereador, deputado federal e secretário de cultura do estado de São Paulo. Penna acredita que um dos reflexos da descrença na política é a desmobilização da sociedade, dado que só interessa a quem detém o poder. Por isso ele propõe uma retomada de posição por parte de militantes, simpatizantes e ambientalistas para que o PV nessas eleições eleja uma bancada expressiva no Congresso.

“Temos que derrubar essa cláusula de barreira no voto”, diz Penna. Para o presidente nacional do PV, José Luiz Penna, nessas eleições, para obter êxito o partido deve adotar um discurso tático, tendo em vista seu plano programático e estratégico.

— Quais as expectativas para as eleições para este ano?
— Acredito que lei eleitoral vigente, produzida com espírito pouco democrático – justamente por buscar o enxugamento artificial do quadro partidário em nome da governabilidade – é uma mentira. O que acontece é que essa proliferação de partidos sem sentido algum decorre de uma ficção que é o presidencialismo de coalizão ou de cooptação, como queiram. É uma distorção de que se nutre o sistema para poder sobreviver, para garantir a governabilidade a partir do esfacelamento partidário. Defendemos a pluralidade partidária e o direito da sociedade de produzir quantos partidos sua inspiração mandar. Evidentemente dentro de um contexto de legitimidade e correlação de forças.

— Com o início dos resultados da Operação Lava Jato e a prisão de vários dos envolvidos, como o sr. acha que será o comportamento do eleitor deste ano? Mais consciente, fiscalizador, exigente?
— Eu não tenho nenhuma expectativa favorável a uma maior seletividade do voto. Acho que temos que brigar voto a voto com as forças conservadoras, que avançam no Congresso. O PV se empenha para eleger uma expressiva bancada na câmara dos deputados e lograr êxito diante dessa cláusula de barreira.

— Com a fragilidade no uso de dados das pessoas nas redes sociais e a possível manipulação de informações – inclusive com a proliferação das fake news – como o sr. avalia a consolidação das campanhas eleitorais nas redes sociais em 2018?
Penna_PV_foto_02— É inegável que as redes sociais terão mais força agora do que na eleição passada. Mas não acredito que seja um fator que vá definir o pleito. É preciso fazer uma distinção: as redes têm um significado maior nas eleições majoritárias. Nas proporcionais as redes já não têm o mesmo peso. Acredito que o que conta para quem concorre a uma vaga no Legislativo ainda é o corpo a corpo físico, não precisamente o virtual, sem abrir mão dele, claro…

— O que as pessoas que estão encarando o desafio de disputar uma eleição pelo PV precisam ter em mente para levar o ideário verde adiante?
— Como diria Gabeira vamos supor que o Brasil existe. Então acredito que essa é uma discussão entre o tático e o estratégico. Sem ferir a estratégia buscamos o discurso tático. Significa que é preciso ter sempre no horizonte as nossas causas programáticas, que são a nossa razão de ser. Temos que lutar pra fazer valer nossos princípios. Mas devemos ter também a exata dimensão desse eleitorado, que tem revelado um crescente conservadorismo, e discutir questões que a ele são permeáveis. E claro isso depende muito da sensibilidade de cada candidato.

Fonte: Revista Total

Nova edição da revista Pensar Verde destaca o artigo “Construção de um Brasil Ético e Verde”

Revista Pensar VerdeA nova edição da Revista Pensar Verde já está disponível e o internauta pode baixar ou ler o arquivo em https://issuu.com/pensarverde/docs/pensarverde24. No sétimo ano do periódico

Os editores buscaram entender – a partir de debates e mesas redondas com dirigentes verdes e a participação dos internautas – como é possível, nas eleições que se aproximam, construir um Brasil Ético e Verde.

Em campanha aberta e deliberada contra o uso de agrotóxicos há dois artigos de peso sobre o assunto. Em Salvador, um projeto inovador e simples está levando mudas de Mata Atlântica a quem quiser plantá-las promovendo a recuperação da vegetação nativa com envolvimento dos cidadãos.

Há ainda a entrevista com Ivanilson Gomes falando sobre sua trajetória política e as bandeiras do ideário verde.

PV paulista realiza grande convenção, na capital

PV Osasco terá duplas de candidatos à estadual e federal

 

6 PennaNeste sábado (21/7) ocorreu, na Câmara Municipal paulista, a convenção do Partido Verde (43) do Estado de São Paulo com a presença de lideranças verdes (nacionais, estaduais e municipais), militantes, dirigentes, amigos e colaboradores do PV e dos pré-candidatos. O PV formalizou apoio à pré-candidatura de Márcio França (PSB) ao governo e, para o Senado, os verdes vão lançar o atual deputado federal Antonio Carlos Mendes Thame.

1 Rosa com Penna e Altonomista

O PV Bacia 6, que engloba 13 municípios da região oeste, apresentou o nome de seis candidatos para a Assembléia Legislativa, sendo dois de Osasco, Rosanilda Silva (Tia Rosa), microempresária do Transporte Escolar, e Altonomista Bezerra, microempresário da construção civil. Para a Câmara Federal serão lançados três candidatos, dois deles de Osasco: Jacy Malagoli, ativista e coordenadora da Ação Pró Vida Animal e Meio Ambiente (AVAMA), e Jesse Navarro, comunicador e terapeuta holístico.

20 Keila

Segundo Carlos Marx, porta-voz da Bacia 6 e presidente do PV Osasco, a lista estadual contempla representantes de várias áreas da sociedade. O objetivo é ampliar a representatividade do Partido Verde e contribuir intensamente para que o Estado de São Paulo trilhe os caminhos da sustentabilidade. “Estamos otimistas e nossos candidatos estão animados. Além de Osasco, também teremos candidatos em Carapicuíba, Barueri, Embu das Artes e Cajamar”.

26 Jesse

Da Bacia 6 marcaram presença Sandra Gama, presidente do diretório de Embu das Artes e o pré-candidato a estadual da cidade, Maurício Mão de Onça; de Carapicuíba, o prefeito Marcos Neves, o presidente municipal Wilson Marcelino, os vereadores Beserra e Guto (pré-candidato a estadual) e a pré-candidata a deputada federal Keila Maria. De Cajamar, Anésio Campos, pré-estadual, e Carlos Andrade, dirigente do PV de Taboão da Serra.

15 Chico Sardelli

“Nós precisamos da política e devemos fazer política. O PV é um partido limpo e com grandes nomes pra disputar a eleição”, resumiu o deputado estadual Chico Sardelli.

Ana da Silva, secretária do PV Mulher, lembrou do papel feminino nos diversos setores e disse que “não é o PV que precisa de mulheres, mas o Estado de São Paulo que precisa de mulheres no poder”.

16  Mendes Thame

Em sua fala, Antonio Carlos Mendes Thame abordou a crise social, política e econômica que o Brasil enfrenta. “Nosso partido funciona bem e funciona melhor ainda fora do período eleitoral. Vamos à luta”, resumiu.

O ambientalista e médico Eduardo Jorge reforçou que o PV tem o melhor programa para o país. “É um programa voltado para o século 21. Ser do partido verde exige que o filiado estude o partido, estude os programas e compreenda temas importantes como reforma agrária, saúde, educação, vegetarianismo. Se existe amor por seus filhos e netos, então, estudem, apliquem e multipliquem as idéias e propostas do PV. Precisamos reforçar as bases do partido para que seja enraizada a ideologia dos verdes no estado e no nosso país”.

17 Eduardo Jorge

Marcos Neves, prefeito de Carapicuíba, discorreu sobre a importância de se eleger Márcio França governador. “Vamos trabalhar para garantir uma grande votação para eleger França nosso governador, que tem dado grande apoio para o desenvolvimento de nossa cidade”.

“O voto é conquistado um a um e começa dentro de nossas casas, com nossos familiares e amigos”, sintetizou Marcos Belizário, advogado e presidente estadual da legenda.

José Luiz de França Penna, presidente nacional do PV e pré-candidato a deputado federal, discorreu sobre democracia, apoio e políticas publicas para as minorias. “As principais vítimas da violência no Brasil são os negros e os jovens”, alertou.

“Temos de trazer a democracia e a política para o caminho certo. Estamos trabalhando no sentido correto e no caminho certo que é onde está a alma brasileira. O grande instrumento da democracia é o voto. O simples fato da filiação partidária já é um compromisso de vida. Nesta convenção tenho uma fé inabalável em nosso programa. Mas, minha fé maior é nas pessoas”, complementou Penna.

8 Tia Rosa

Os pré-candidatos também deixaram sua mensagem. Tia Rosa, pré-candidata a deputada estadual por Osasco, sublinhou a força da mulher na família, no trabalho e na política.

Jesse Navarro, comunicador, terapeuta holístico e pré-candidato a deputado federal por Osasco, citou a importância da implantação de terapias alternativas e complementares no SUS e citou seu projeto “Terapias e Oráculos do Povo da Rua”.

23 Vereador Beserra e Carlos Marx

Os pré-candidatos também entregaram documentos para oficializar a candidatura junto à Justiça Eleitoral. O PV Bacia 6 engloba 13 cidades. São elas: Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Taboão da Serra.

PV OSASCO
E-mail: pvosasco@uol.com.br
Site: www.pvosasco.org.br
Rede social: www.facebook.com/PartidoVerdeOsasco

Pré-candidata a deputada estadual Tia Rosa se reúne com moradores no Jardim D’Abril

Rosa_01

Na noite desta sexta-feira (20/7) a microempresária Rosanilda Silva, popularmente conhecida como Tia Rosa do Transporte Escolar, se reuniu com moradores do Jardim D’Abril, em Osasco. O encontro contou com a presença de Carlos Marx, presidente do PV.

Rosa_02

Em sua fala, Carlos Marx resumiu a vinda da tia Rosa para o PV onde disputou o cargo de vereadora, em 2016. Sublinhou ainda a importância do participação da mulher na política.

Rosa_04

A pré-candidata tem dado incentivo à formação de cooperativas de trabalho e produção; luta por transporte escolar gratuito nas escolas públicas em todos os níveis às famílias de baixa renda; instalação de áreas de lazer infantil nas praças públicas; e incentivos às escolas técnicas.

Rosa_05

Além da demonstração de carinho e confiança, na reunião os participantes reafirmaram apoio à candidatura de Tia Rosa a deputada estadual.

rosa_06

Dentre os assuntos levantados na reunião proteção e saúde da mulher, problemas e desafios enfrentados pelos caminhoneiros e educação.

Dia_do_amigo_Partido_Verde_43

Convenção do Partido Verde do Estado de SP será neste sábado na Câmara Municipal

Osasco apresentará dois nomes a federal e dois a estadual

PV-43Neste sábado (21/7), a partir das 9 horas, na Câmara Municipal paulista, será realizada a convenção do Partido Verde (43) do Estado de São Paulo. A atividade contará com a presença de lideranças verdes nacional, estadual e municipais. Endereço: Viaduto Jacareí, 100 (próximo ao metrô República). Informações: (11) 3628-4300.

Na oportunidade, serão definidos os nomes dos candidatos e candidatas aos cargos de deputado (estadual e federal). Ao senado, a legenda lançará o deputado federal Antonio Carlos Mendes Thame e apoiará Márcio França ao governo. O PV Bacia 6, que reúne 13 cidades da região Oeste da Grande São Paulo, dentre as quais Osasco, vai apresentar na convenção 6 candidatos para disputar cargos na Assembleia Legislativa e 3 para a Câmara Federal.

“Na convenção mostraremos à população a motivação do partido para ampliar a representatividade e contribuir intensamente para que o Estado de São Paulo continue no rumo do desenvolvimento com sustentabilidade”, comenta Carlos Marx, presidente do PV Osasco e porta-voz da Bacia 6.

O PV Osasco convida militantes, dirigentes, amigos e colaboradores da legenda e dos pré-candidatos a prestigiarem este importante momento.

O direito de brincar da criança está na lei federal e estadual, diz Tia Rosa

Rosa_01

O Jardim Conceição, em Osasco, recebeu, na tarde de sábado (14/7), mais uma edição do projeto “Férias na Rua”. Idealizado pela microempresária do transporte escolar Rosanilda Silva (Tia Rosa), o projeto é gratuito e propõe a socialização e o fortalecimento de laços entre amigos e vizinhos, além de levar entretenimento para crianças e adolescentes.

Para Tia Rosa, o lazer e a diversão são importantes no rendimento escolar e na formação da criança e está em leis estadual e federal. “É importante para o desenvolvimento da criança e do adolescente brincar, rir e conversar com os amiguinhos. A gente precisa ter parques e praças com brinquedos inclusivos”, disse.

As áreas de lazer e os parques públicos devem oferecer brinquedos adaptados para crianças e adolescentes com necessidades especiais ou com deficiências. Desde 1959, o direito de brincar consta na Declaração Universal dos Direitos da Criança. Brincar é um direito à liberdade de meninos e meninas.

Rosa_012A atividade “Férias na Rua” contou com dezenas de crianças acompanhadas de familiares. “As crianças daqui do bairro estão se divertindo e gostando bastante”, falou a dona de casa e moradora Angélica dos Anjos.

Alex Lima é morador do bairro há 15 anos e está feliz com o evento. “A Rosa é nossa amiga. É uma mulher honesta e batalhadora. Ela apóia a nossa causa. Sou caminhoneiro e temos muitos problemas. Queremos respeito à tabela de fretes nacional. A multa de fumaça da CETESB é alta para o caminhoneiro de fretes de pequeno e médio porte”.

Tia Rosa com caminhoneiros em Itapevi.

Tia Rosa com caminhoneiros em Itapevi.

Segundo Tia Rosa, os caminhoneiros enfrentam inúmeros desafios. “No domingo, dia 15, participei de reunião em Itapevi com grupo de caminhoneiros. Eles buscam soluções para muitos desafios como o preço baixo dos fretes e as más condições de trabalho. Há uma proposta de unir os caminhoneiros da região em uma cooperativa para melhorar a classe e a vida destes profissionais”.

Para saber mais sobre Tia Rosa:

https://www.facebook.com/rosanildaantoniadasilva.silva.5

AVAMA castra mais de 11 mil animais e expõe produtos para pets na Feira Vegana Solidária no Super Shopping Osasco

Jacy_AVAMA_02A ativista Jacy Malagoli, coordenadora da Ação Pró Vida Animal e Meio Ambiente (AVAMA), sediada em Osasco, está muito feliz com as o resultado das atividades do movimento que, nos últimos cinco anos, castrou quase 15 mil animais entre gatos, cachorros e coelhos a preços populares.

“A castração é uma atividade oferecida para pessoas de baixa renda. A saúde animal é uma questão de saúde pública. Castrar ajuda a diminuir o risco de doenças como o câncer, fugas e brigas. Também, foram centenas de animais adotados nas feirinhas de adoção que realizamos em vários pontos de Osasco e com apoio de veterinários e de auxiliares de veterinária. Até o momento, não recebemos nenhum apoio financeiro público e nem privado”, contou Jacy Malagoli.

Jacy_AVAMA_01A AVAMA também participa da Feira Vegana Solidária no SuperShopping Osasco. O evento oferece itens artesanais e orgânicos, além de ser ponto de coleta do projeto “Entre Rodas”.

“A Feira incentiva a economia colaborativa. Estimula a qualidade de vida de pessoas e dos animais. Além de camisetas e canecas com o tema pets, também temos artigos para animais como roupas e acessórios a preços acessíveis”, finalizou Jacy Malagoli.

Para mais informações: https://www.facebook.com/jacyavama

Terapeuta osasquense Jesse Navarro realiza ação gratuita para povo de rua, na Praça da Sé

Jesse_Navarro_02Holísticos, terapeutas e oraculistas têm feito, desde janeiro deste ano, atendimento gratuito para pessoas em situação de rua. Idealizado pelo místico e comunicador osasquense Jesse Navarro, o projeto “Terapias e Oráculos do Povo da Rua” engloba energia do reiki, leitura de cartas de tarô, dentre outros. Na manhã de sábado (14/7) foram atendidas mais de 100 pessoas na Praça da Sé, na capital paulista.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem incentivado o fortalecimento, a inserção, o reconhecimento e a regulamentação de terapias alternativas, bem como produtos, nos sistemas nacionais de saúde.

Jesse_Navarro_03No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS), por força de lei, deve oferece terapias como acupuntura, ioga, reiki e práticas corporais tradicionais chinesas. Infelizmente, isso não vem sendo amplamente realizado o que está motivando os terapeutas holísticos a se movimentarem para pressionar o governo federal.

Segundo Navarro, desde a implantação, o projeto “Terapias e Oráculos do Povo da Rua” atendeu um número significativo de pessoas entre homens e mulheres de várias idades. As terapias complementares integrativas, conhecidas como terapias alternativas, são importantes em diversos tratamentos como, por exemplo, dores no corpo e ansiedade.
Jesse Navarro possui o canal “Profecias do Momento”, no YouTube. Rede social: https://www.facebook.com/jesse.navarro.370

“Fala Sério”, revista do Penna, pré-candidato a Dep. Federal, destaca a economia verde

Revista_Penna

José Luiz de França Penna, presidente nacional do Partido Verde, ex-secretário da Cultura do Estado de São Paulo, lançou a revista “Fala Sério” em duas versões (digital e impressa) com temas como a luta contra os agrotóxicos, a tragédia ambiental de Mariana, em Minas Gerais, a intolerância afro e indígena destacando a importância da cultura negra na história do Brasil. Para ler a revista basta clicar no link www.flipsnack.com/patriciapenna/fala-serio-economia-verde .

O Brasil é campeão no uso de pesticidas, herbicidas e afins em atividades agropecuárias. O combate às substâncias tóxicas envolve questões econômicas e políticas. É preciso formatar programas e políticas alternativos que produzam alimentos mais saudáveis com outro modelo de desenvolvimento agrário que incentive a agroecologia.

A tragédia ambiental de Mariana ainda reflete na vida de pessoas e de espécies. Parte das margens e do fundo do Rio Doce permanece coberta pela lama, que pode ser levada para o mar e alcançar ecossistemas frágeis, como mangues e corais. O combate à intolerância afro e indígena também é uma das bandeiras de Penna. A intolerância é obstáculo no caminho do desenvolvimento social e democrático, pois o preconceito dificulta a construção do respeito e do diálogo.

Leia, curta, comente e compartilhe!