Monthly Archives: maio 2018

Verdes da bacia 6, reunidos em Carapicuíba, discutem o panorama político e definem candidaturas

01_Camara

O Partido Verde (43) do Estado de São Paulo realizou neste sábado (26/5), na Câmara Municipal de Carapicuíba, palestra com o tema “Os desafios para entender o uso dos recursos públicos de São Paulo” com a presença de dirigentes nacional, estadual e municipal da legenda, além de lideranças sociais, empresariais e religiosas.

O médico Wilson Marcelino, presidente do PV Carapicuíba, deu as boas-vindas, citando a importância do evento para a Bacia 6.

PV_Encontro_Carapicuiba_03

Carlos Marx, presidente do PV Osasco e porta voz do PV bacia 6, comentou sobre o desgaste da classe política, destacando que o Partido Verde continua com boa aprovação e sublinhou o empenho da Bacia em formatar a lista de candidatos. “Buscamos apoio da sociedade, especialmente dos jovens de modo que eles possam se juntar aos verdes da região. Mesmo fora da gestão pública, temos dado continuidade a trabalhos em prol de um meio ambiente saudável. Proponho, agora, irmos às ruas com nossas militâncias e bandeiras. O PV é um partido respeitado pela sociedade e vamos aproveitar pra mostrar nossas propostas de uma política com ética e trabalho para um Brasil sustentável”.

Marcos Belizário, advogado e presidente do PV-SP, destacou a importância de um discurso simples e verdadeiro entre candidatos e sociedade. “É uma vergonha o mundo ter como parâmetro o dólar e ver esse caos que se transformou o país com a greve dos caminhoneiros. Nós dirigentes públicos temos de ser competentes e administrar os recursos públicos de forma responsável”.

PV_Encontro_Carapicuiba_12

Elaine Silva, do PV Itapecerica da Serra, falou da reconstrução da legenda na cidade e do trabalho de fortalecimento do PV local. “Estamos trabalhando com o ecoturismo por conta de nossos mananciais. Temos templos religiosos importantes do budismo e do catolicismo em nossa cidade. Não acredito em trabalho solo, mas em trabalho sistêmico. Estamos trabalhando os valores do PV”.

PV_Encontro_Carapicuiba_09

O médico sanitarista Eduardo Jorge, e dirigente nacional e estadual do PV, ressaltou a importância de viver e difundir a ideologia e os 12 valores do Partido Verde. Comentando sobre a importância política de Osasco e região, lembrou da greve de 1968 comandada por José Ibrahim. “O Partido Verde tem projeto pra se viver daqui 20 e 30 anos. Somos um partido novo, mas concreto. Em nosso manual destaco dois pontos. Primeiro, a ética principalmente com o dinheiro público. Queremos no PV pessoas honestas. O segundo ponto que destaco é que somos um partido pela democracia. Tem gente que usa a democracia pra eleger prefeitos, vereadores e deputados, mas quando eleito quer governar sozinho. Isso não pode e nem deve acontecer no nosso partido”.

 

PV_Encontro_Carapicuiba_11

O presidente nacional do PV e ex-secretário estadual da cultura, José Luiz de França Penna, sublinhou a necessidade de se olhar amplamente para os negros, os excluídos, índios. Temos aqui um representante cigano que estão escondidos da nossa formação”, referindo-se ao terapeuta holístico Jesse Navarro, do PV Osasco.

PV_Encontro_Carapicuiba_07

“Não podemos pactuar com pobre roubando pobre e maridos espancando as mulheres. Precisamos avançar com esse descompromisso político. Façamos uma convocação brasileira pela ética e pela democracia. A sociedade espera de um partido como o nosso a reconstituição de um ideário que respeite a vida”, reforçou Penna.

O médico e vereador pela capital paulista Gilberto Natalini ressaltou sua briga pela implantação do SUS, pois a atividade política tem como objetivos melhorar a vida humana, bem como dos outros seres que habitam o planeta. “As pessoas se matam porque não há mais sonho que é o combustível que alimenta a vida. Estamos hoje reunidos aqui porque tem pessoas que sonham o mesmo sonho que eu. Esse sonho é um lugar melhor pra nós e para todo o Brasil. Nesses meus 66 anos passei por muita coisa, mas hoje vivemos uma crise civilizatória no país. Ninguém acredita nos ministros e o congresso é uma vergonha. Nós verdes propomos aprimorar e manter o país na democracia. Vamos discutir com a população um modelo de desenvolvimento que considere a realidade local e a sustentabilidade”.

PV_Encontro_Carapicuiba_08

Jovino Cândido, do PV-SP, fez uma breve análise estadual da legenda como número de deputados e ações. Reforçou o recadastramento dos verdes no Estado.

RODA DE CONVERSA

No período da tarde ocorreu uma roda de conversa entre pré-candidatos, representantes da sociedade com dirigentes estaduais do PV. O bate-papo foi regado a rodada de breve apresentação e trabalhos realizados. Na oportunidade, foi reforçada a importância da valorização dos dirigentes locais, assim como melhoria e investimento em comunicação.

“Quando o partido não é de ideias é de donos.”, resumiu Eduardo Jorge ao ser questionado sobre os inúmeros diretórios provisórios existentes que não funcionam.

Gilberto Natalini ressaltou a importância de fazer um elo do problema local com o nacional e vice-versa. Para exemplificar, citou a greve dos caminheiros com reflexos em diversas áreas. “O primeiro passo é organizar internamente o partido”, resumiu.

PV_Encontro_Carapicuiba_20

O  jornalista e terapeuta Jesse Navarro, também pré-candidato a deputado federal do PV Osasco, falou de seu trabalho com terapias alternativas e com pessoas em situação de rua. “Luto para que a terapia alternativa seja inserida na saúde pública”.

Wilson Marcelino lembrou a importância da reforma partidária e da eleição distrital mista.

Carlos Marx sintetizou a importância dos diretórios municipais terem sedes, sites e página nas redes sociais para mostrar suas ações e atrair simpatizantes e apoiadores. “Quem está vindo para o partido também deve ajudar a organizá-lo. Então, assuma tarefas e compromissos”.

“A luta não é fácil, mas com um bom trabalho, honestidade e buscando objetivos, nós vamos eleger bons representantes na região”, resumiu Antonio Beserra Lima, vereador por Carapicuíba.

A atividade foi promovida pela Fundação Verde Herbert Daniel (FVHD) e é uma continuidade ao Projeto Nacional de Formação Política do Partido Verde.

Informações
E-mail: pvosasco@uol.com.br
Site: www.pvosasco.org.br
Rede social: www.facebook.com/PartidoVerdeOsasco

Diretório Estadual do PV promove encontro sábado, dia 26/05, em Carapicuíba, e pode anunciar nomes para a corrida eleitoral de outubro

Marcos Neves, Wilson Marcelino e Penna.

Marcos Neves, Wilson Marcelino e Penna.

Para informar e esclarecer dúvidas sobre as áreas de finanças, funcionalismo, educação, saúde, habitação, bem como tratar da mudança de paradigma que impede o desenvolvimento socioambiental na formatação de políticas públicas e na defesa do meio ambiente, o Partido Verde (43) do Estado de São Paulo promoverá no sábado (26/5), das 9 às 17 horas, palestra com o tema “Os desafios para entender o uso dos recursos públicos de São Paulo”. O evento será no auditório da Câmara Municipal de Carapicuíba, na Avenida Miriam, 92, centro.

Na oportunidade serão abordadas estratégias para o pleito eleitoral deste ano e apresentação de pré-candidatos. Além de dirigentes municipais, vereadores e militantes, estão sendo convidadas lideranças sociais, empresariais e religiosas, para este importante encontro.

O evento contará com a presença de dirigentes da legenda como José Luiz de França Penna (nacional), Marcos Belizário (estadual) dirigentes regionais como Carlos Marx (Porta-voz da Bacia 6 e do PV Osasco), dirigentes municipais como o médico Wilson Marcelino, presidente do PV local e o prefeito Marcos Neves (Carapicuíba).

A atividade é promovida pela Fundação Verde Herbert Daniel (FVHD) e é uma continuidade ao Projeto Nacional de Formação Política do PV. Na programação estão previstas ainda rodas de conversas sobre o uso de técnicas para enriquecer plataformas eleitorais a partir de análises de dados, delimitadas em indicadores sociais, econômicos e conjunturais de natureza oficial.

Informações
E-mail: pvosasco@uol.com.br
Site: www.pvosasco.org.br
Rede social: www.facebook.com/PartidoVerdeOsasco

PV Osasco propõe “dia das mães” sustentável

Há mães de vários tipos, idades, gêneros, gostos. Mas, todas elas têm algo em comum: o amor incondicional pelos filhos. Neste domingo (13/5) será comemorado o Dia das Mães e o PV Osasco propõe presentes ecológicos, confeccionados pelos próprios filhos, e presentes diferenciados como uma caminhada num parque regado a piquenique, uma roda de conversa e poesia, dentre outros.

Psicólogos afirmam que, no geral, as mães não querem presentes caros, mas a presença de seus filhos. Elas querem viver um momento de qualidade, onde se sintam felizes, estimadas e amadas.

Especialistas sugerem, ainda, formas originais e profundas de reverenciar quem se ama, a exemplo, uma roda de conversa sobre a vida e história da sua mãe.

Artesãos indicam a confecção de porta-retratos com matérias encontrados em casa como opção simples e barata de presente.

Para Carlos Marx, presidente do PV Osasco e porta-voz da Bacia 6, essa é uma data muito especial, que vai além de presentes caros e do consumismo.

“É um momento de se refletir sobre o papel da mulher e a sua relevância na construção de sociedades sustentáveis. Refletir sobre o papel da mãe como dona de casa e trabalhadora”, resume Marx.

Neste ano, faça diferente. Viva o momento de qualidade com sua mãe fazendo-a se sentir respeitada, acolhida e valorizada.

Maes

DICAS DE PRESENTES

Mãe esportista: corrida ou um passeio de bicicleta. Vale correr em um parque, andar de bike pela cidade, ou até mesmo fazer uma trilha.

Mãe emotiva: produza um vídeo com fotos de momentos marcantes da vida de vocês. Escolha a trilha sonora preferida de sua mãe e use sua criatividade.

Mãe zen: acorde cedo e convide-a para ver o sol da manhã e organize um piquenique em algum parque próximo. Vocês podem fazer meditação, ioga ou apenas conversar sob a sombra de uma árvore.

Mãe faz tudo: este tipo não suporta ficar parada. Que tal uma horta? Plante hortaliças e temperos que ela gosta e chame a família para ajudar no plantio.

Mãe chef de cozinha: Escolha o prato preferido dela (ou crie um para ela). Faça questão que sua mãe a instrua a preparar o menu e dê palpites, assim, ela se sentirá importante.

Mãe cultural: Domingo é um ótimo dia para fazer passeios tranquilos, como visitas a centros culturais e museus. Muitas dessas atividades são gratuitas. Organize uma roda de filmes em casa. Documentários com temática ambientais são uma ótima pedida. Se sua mãe gosta de música e sabe tocar algum instrumento, vocês podem passar a tarde fazendo uma “jam session”. Se ela gosta de poesia, então, escreva um poema para ela.

O mais importante é emocionar a sua mãe com suas palavras, seu abraço e seu carinho. É fazer do dia das mães um dia inesquecível!

SOBRE O DIA DAS MÃES
Esta data surgiu em 1870, nos EUA. Na ocasião a poeta e ativista Julia Ward Howe escreveu a Proclamação do Dia das Mães. “Levantem-se, mulheres de hoje!”.

As mães, atualmente, enfrentam uma série de problemas como violência doméstica, a conciliação entre vida familiar e trabalho. Além de assédio e violência sexual, disparidade salarial, abuso doméstico.

INFORMAÇÕES:
cmarxalves@uol.com.br
(11) 99652-8199, WhatsApp
www.facebook.com/PartidoVerdeOsasco