Category Archives: Notícias

PV Osasco dia nacional da cultura 2018

Para o PV, juntar o Meio Ambiente e a Agricultura , num mesmo ministério, é inaceitável

IMG-20181101-WA0057O Brasil é um país de proporções continentais. Se o sobrevoarmos de norte a sul, veremos diversos biomas; veremos cidades grandes e cidades pequenas; veremos também inúmeras propriedades rurais, como que formando uma colcha de retalhos por onde passarmos.

Esse sobrevoo nos mostra alguns motivos pelos quais somos famosos país afora.

Em primeiro lugar, porque temos a maior biodiversidade do planeta, com enormes reservas de água; e com a Amazônia, responsável pelo equilíbrio climático global.

Em segundo lugar, somos conhecidos como um dos maiores países do mundo em exportação de produtos agropecuários – produtos responsáveis por grande parte dos resultados positivos da nossa balança comercial.

Ontem, no entanto, recebemos pela imprensa a notícia de que a equipe do próximo governo eleito está desenhando uma fusão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento com o Ministério do Meio Ambiente.

A nosso ver, o resultado de uma fusão como essa trará problemas tanto para a gestão ambiental quanto para a gestão do agronegócio no Brasil.

Isso porque, embora exista uma relação intrínseca entre meio ambiente e agricultura – uma vez que o equilíbrio ambiental é condição necessária para garantir a produção – a gestão das duas áreas não se resume apenas a essa relação.

Hoje o Ministério do Meio Ambiente é o órgão que trata da política nacional do meio ambiente e recursos hídricos, ou seja, há muito mais trabalho para além da gestão das florestas, dos recursos naturais, dos zoneamentos ecológicos e dos biomas. O Ministério também executa políticas para garantir a qualidade do ar nas cidades, o planejamento urbano, a gestão dos resíduos sólidos, até a questão dos catadores de lixo.
E aí me pergunto: o que isso tem a ver com o agronegócio?

Por outro lado, no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a preocupação é com os aspectos mercadológicos, tecnológicos, científicos e organizacionais do setor produtivo. É lá onde se trata a questão da armazenagem, do transporte de safras e da política econômica e financeira do setor. A questão do meio ambiente, sob a perspectiva do agronegócio, é apenas uma em meio a muitas outras ações estratégicas necessárias para fazer com que o Brasil avance na liderança em termos de exportação da produção nacional.
A situação nos mostra que estamos diante de uma questão complexa de arranjo institucional e de governança.

O meio ambiente é transversal, sendo, portanto, um tema horizontal que perpassa todas as áreas temáticas produtivas, conhecidas como áreas verticais. Agropecuária, transportes, a construção de rodovias, ferrovias; a questão das minas e energia, a construção de usinas hidrelétricas; o saneamento ambiental, a gestão dos resíduos sólidos, são todos exemplos de áreas verticais.

O problema é: como misturar uma área horizontal – o meio ambiente – com apenas uma vertical – a agricultura?
No Paraná temos 45% dos municípios sem aterros sanitários. Como esperar que um ministério com o papel de tratar do agronegócio, assunto tão importante para a balança comercial do Brasil, dê atenção para a questão do lixo?

Por isso, eu, Partido Verde, e todos aqueles que se preocupam de verdade com o Brasil e as futuras gerações somos contra a fusão dos dois ministérios, que detém finalidades próprias e não convergentes. Além disso, os dois assuntos são fundamentais tanto para a economia brasileira quanto para a proteção dos nossos recursos naturais. Por isso, pedimos que a ação seja reconsiderada.

Leandre Dal Ponte
Líder do PV na Câmara

 

Verdes participam da “caminhada do 40″

PV_PSB_06

Uma grande caminhada em apoio à candidatura de Márcio França (governador, 40) foi realizada na manhã deste sábado (21/10), com concentração em frente à prefeitura de Osasco. No roteiro Rua Primitiva Vianco e calçadão da Antonio Agu.

PV_PSB_02

A atividade foi promovida por partidos e associações que apoiam o candidato. Dirigentes, militantes e filiados do PV Osasco participaram do evento, dentre eles Carlos Marx (presidente), Raisa Alves (secretária da juventude), o microempresário da construção civil Altonomista Bezerra, Tia Rosa do Transporte Escolar, Dimas Mortadela e Maristela Leamare, da ONG Ceaso, além de vereadores como Mário Luiz Guide e do prefeito Rogério Lins.

PV_PSB_01

Um dos objetivos da atividade foi convidar a comunidade em geral a conhecer de perto as ideias e propostas do candidato a governador Márcio França. Durante a caminhada, os participantes conversaram com transeuntes, comerciantes e distribuíram panfletos.

PV_PSB_08

AGENDA DA RETA FINAL DA CAMPANHA

SÁBADO (20/10)

12h00 – ADESIVAÇO ZONA NORTE – Rua Graciela Flores Piteri – Jd. Canaã
ADESIVAÇO ZONA SUL – Av. Sporte Clube Corinthians – Vila Osasco

QUINTA-FEIRA (25/10)

18h00 – Comício no Largo de Osasco

PV_PSB_04

INFORMAÇÕES
pvosasco@uol.com.br
www.pvosasco.org.br
www.facebook.com/PartidoVerdeOsasco

Venha com o PV nas ações de apoio a Márcio França, no segundo turno

01 Reuniao PSB 16_out_2018

O diretório do PSB Osasco promoveu na noite desta terça-feira (16/10), em sua sede, reunião com dirigentes partidários e ativistas da cidade. Em pauta agenda de atividades para o segundo turno de modo a fortalecer a candidatura de Márcio França (40) e elegê-lo governador em 28 de outubro.

Além de dirigentes partidários e vereadores, compuseram a mesa Jorge Lapas, ex-prefeito de Osasco, e o atual Rogério Lins.

03 Reuniao PSB 16_out_2018

“O PSB pode contar com o apoio do PDT. Nosso partido está fortalecendo os movimentos de apoio ao Márcio França. Vamos reproduzir o material que recebemos dos marqueteiros que desenvolveram produtos em cima de pesquisas”, disse Jorge Lapas.

02 Reuniao PSB 16_out_2018

“O PSB está assertivo na campanha. Está com uma linha propositiva. Hoje, na mídia, Márcio França falou da segurança e de saúde. A maioria dos prefeitos da nossa região apoia o Márcio França porque ele assume compromissos e os cumpre. Para Osasco, ele viabilizou, por exemplo, 30 milhões de reais para aplicar em recapeamento asfáltico em nossas ruas e ativou 100% de leitos do Hospital Regional”, enumerou Rogério Lins.

04 Reuniao PSB 16_out_2018

Veja abaixo a programação da campanha unificada para os próximos dias. O Partido Verde estará presente para alavancar o nome e as propostas de Márcio França.

05 Reuniao PSB 16_out_2018

Nesta quarta-feira, dia 17/10, a partir das 17h30, adesivaço na Avenida Monte Ararat, 200. Bela Vista. Campo do Petrolhão.

Sábado, 20/10, às 10h00, caminhada, com saída da frente da sede da prefeitura.

Ainda no sábado, a partir das 12h00, adesivaço Zona Norte, na Avenida Graciela Flores Piteri (ao lado da Fito Norte) e adesivaço Zona Sul, na Avenida Sport Corinthians (ao lado da Unifesp).

Quarta-feira, dia 24/10, às 18h00, comício em frente a Estação Osasco da CPTM.

06 Reuniao PSB 16_out_2018

INFORMAÇÕES
pvosasco@uol.com.br
www.pvosasco.org.br
www.facebook.com/PartidoVerdeOsasco

PV_Osasco_dia_do_professor_2018_site

PV_Marcio_40_site

Justiça eleitoral proíbe o uso de celulares, máquinas fotográficas e filmadoras na cabine de votação

PV_Osasco_TSE_2018É proibido o uso de qualquer equipamento eletrônico, como celulares, máquinas fotográficas e filmadoras na cabine de votação. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) orienta a “cola eleitoral”, isto é, imprima e preencha com os dados de seus candidatos.

Justiça eleitoral permite que eleitor leve papel para a cabine de votação. O primeiro turno será neste domingo, dia 7 de outubro, das 8h às 17h.

A privacidade do voto deve ser garantida e por isso são proibidos todos os aparelhos que possam fazer algum registro do voto do eleitor ou da cabine.

No primeiro turno das eleições, o eleitor terá que digitar os números de seis candidatos na urna eletrônica: deputado federal, deputado estadual ou distrital, dois senadores, governador e presidente.

Quando o eleitor se apresentar na mesa receptora o mesário verificará se ele está com um celular ou com outro aparelho. Se estiver é preciso deixar o aparelho na mesa receptora antes de entrar na cabine de votação.

O que acontece se o eleitor for flagrado usando o celular?

Se um eleitor for flagrado com um celular ou outro aparelho de gravação ele deve ser avisado por um dos membros da mesa receptora. Nessa situação o eleitor deve ser identificado e a ocorrência deve ser registrada na ata da seção eleitoral.

Depois o juiz eleitoral comunicará a situação ao Ministério Público Eleitoral. O eleitor pode ser condenado por quebrar o sigilo do voto, pois isto é considerado crime eleitoral.

Fonte: TSE

PV_Osasco_Dia_Mundial_dos_Animais_2018

O Dia Mundial dos Animais é comemorado todos os anos em 4 de outubro. Tudo começou em Florença, na Itália, em 1931, em uma convenção de ecologistas. Neste dia, a vida animal em todas as suas formas é celebrada, e eventos especiais são planejados em locais.

COMPROMISSOS DO PARTIDO VERDE (43) PELA CAUSA ANIMAL

Segundo Eduardo Jorge, candidato a vice com Marina Silva (PV-Rede), o governo deve promover um programa nacional dos direitos dos animais, o controle ético de produção, pesquisa e cuidado que os envolva, proibir testes de cosméticos e incentivar a pesquisa e o desenvolvimento para eliminar o uso de animais como cobaias em outros setores.

Ainda, eliminar subsídios e financiamentos públicos a granjas industriais que mantenham animais em confinamento intensivo e reduzir danos, em curto prazo, para eliminar as práticas de criação de animais para consumo.

Oferecer recursos para as Prefeituras implantarem Clínicas Veterinárias Públicas, voltadas ao atendimento e resgate de animais acidentados ou vítimas de maus-tratos; Combate à eutanásia como forma de controle populacional e incentivo a programas regionais de castração gratuita de cães e gatos; e Apoio à implantação de abrigos para animais abandonados e estímulo às feiras de adoção.

Também, apoio à implantação das Delegacias Verdes, especializadas no combate ao crime contra os animais e contra a natureza, e subsidiar projetos que tratam dos direitos dos animais e manejo da fauna silvestre.

outubro_rosa_2018

Verdes de Osasco lamentam morte do jornalista e ativista político Antônio Roberto Espinosa

O diretório do Partido Verde de Osasco informa ao mesmo tempo em que lamenta a morte do jornalista, filósofo e ativista político Antônio Roberto Espinosa.

Roberto Espinosa morreu na tarde desta terça-feira (25) e está sendo velado, até as 14 horas, na sala Osasco (prédio anexo à Prefeitura) à Rua Dimitri Sensaud de Lavaud, s/n. Depois, o corpo será levado para o crematório Bosque da Paz em Vargem Grande (Raposo Tavares, após Cotia).

Espinosa“Espinosa era uma pessoa muito respeitada no meio político e jornalístico. Deixa um grande legado”, resumiu Carlos Marx, presidente do PV Osasco e porta-voz da legenda na região.

Espinosa ajudou a organizar a greve da Cobrasma (a primeira do regime militar) e foi dirigente da VPR (Vanguarda Popular Revolucionária) e VAR-Palmares (Vanguarda Armada Revolucionária Palmares).

Era professor adjunto de Pensamento Político e Relações Internacionais na Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (Eppen) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp, campus Osasco).

Roberto Espinosa era membro das Câmaras de Pós-Graduação e de Extensão e Cultura, bem como da Comissão de Relações Internacionais da mesma universidade. Conselheiro titular da cadeira Ensino Superior do Conselho Municipal de Cultura de Osasco.

Ex-professor de Política Internacional da Escola Superior Diplomática (ESD) e de Relações Internacionais e Blocos Econômicos do Centro Universitário Fieo (Unifieo). Graduado em Filosofia pela Universidade de São Paulo. Autor de vários livros, dentre eles “Abraços que sufocam”.